Pristina.org - Everything Design since 2005

As Tatuagens de Animais de Ottorino D’Ambra TatuagemFelipe Tofani on 20/04/2016

As Gravuras Tatuadas de Ottorino D’Ambra
Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, as coisas não são bem assim.

As tatuagens de Ottorino D’Ambra são feitas apenas com tinta preta e em um estilo de ilustração que me lembram gravuras de livros antigos. Além de animais em pedaços, ele também ilustra outros temas e, particularmente, gostei muito do estilo quase vintage e meio colagem que seu trabalho chega a ter.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Otto (Ottorino D’Ambra) was born in Milan December 3rd 1978, He graduates in 2003 at the academy of fine arts “Accademia di Brera” specializing in set design.He starts collaborating in 1998 as set designer in various interior design practices in MIlan.This type of work made him develop a distinguished creativity and an excellent knowledge of al materials.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Otto never lets go of his love for art and keeps developing his research of a personal aesthetics in pictorial and graphic drawing. Fascinated by the concept of body art in 2005 he undertakes, parallel to his work as set designer, a career as tattoo artist.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Algumas pessoas podem achar que tatuagens de animais em pedaços podem parecer um pouco macabras mas o trabalho de tatuagem de Ottorino D’Ambra não tem nada disso. E, ele seleciona animais como tema de seu trabalho por considerar que eles são mais próximos de nós do que pensamos. Então, quando ele os dilacera em suas ilustrações, ele quer apenas mostrar o que está escondido dentro deles. O que pode soar bem pesado mas, como pode ser visto nas imagens abaixo, não tem nada disso.

Ottorino D’Ambra nasceu em Milão no final dos anos setenta e foi lá que ele acabou estudando arte. Durante o início da sua carreira, ele trabalhou com design de cenários e design de interiores. Mas ele nunca tirou seu olho da arte e foi assim que ele começou sua carreira paralela como tatuador. Mas, clicando no link abaixo, você vai ver mais do seu trabalho e ver que ele não está limitado a tatuagem.

Ottorino D’Ambra e suas Tatuagens de Animais em pedaços
Tagged: , , , , , , ,