Pristina.org - Everything Design since 2005

Zoer e sua obsessão por carros na sua arte Street ArtFelipe Tofani on 01/08/2018

Assim como muitos garotos ao redor do mundo, o artista conhecido como Zoer cresceu folheando revistas de carros, observando todas as formas e as cores e toda a estética por trás da indústria automotiva. Eu também cresci assim, folheando revistas como a Quatro Rodas e desenhando aqueles carros que eu achava mais interessantes.

Assim como muitos garotos ao redor do mundo, o artista conhecido como Zoer cresceu folheando revistas de carros, observando todas as formas e as cores e toda a estética por trás da indústria automotiva. Eu também cresci assim, folheando revistas como a Quatro Rodas e desenhando aqueles carros que eu achava mais interessantes.

Porém, diferente de outros garotos, esse passatempo deixou seu impacto no trabalho de Zoer. Hoje em dia, seu portfólio é repleto de murais e pinturas que seguem uma forte influência do que ele viu na sua infância. Ou seja, um dos pilares de suas composições e criações, parece ter sido esse passatempo infantil que muitos garotos acabam tendo. Zoer só levou muito adiante.

Assim como muitos garotos ao redor do mundo, o artista conhecido como Zoer cresceu folheando revistas de carros, observando todas as formas e as cores e toda a estética por trás da indústria automotiva. Eu também cresci assim, folheando revistas como a Quatro Rodas e desenhando aqueles carros que eu achava mais interessantes.

Assim como muitos garotos ao redor do mundo, o artista conhecido como Zoer cresceu folheando revistas de carros, observando todas as formas e as cores e toda a estética por trás da indústria automotiva. Eu também cresci assim, folheando revistas como a Quatro Rodas e desenhando aqueles carros que eu achava mais interessantes.

Assim como muitos garotos ao redor do mundo, o artista conhecido como Zoer cresceu folheando revistas de carros, observando todas as formas e as cores e toda a estética por trás da indústria automotiva. Eu também cresci assim, folheando revistas como a Quatro Rodas e desenhando aqueles carros que eu achava mais interessantes.

Mas não foram apenas as revistas de carros que marcaram o trabalho desse artista. Os quadrinhos adicionaram ainda mais vocabulário para Zoer e acredito que você pode ver isso muito bem nas imagens que eu selecionei aqui.

Quando chegou a hora de Zoer entrar na faculdade, ele foi estudar desenho industrial. Mas, seus passeios por campos abandonados com uma lata de spray na mão era frequentes. Com o passar do tempo, seu estilo particular e sua criatividade foram observados e ele passou a ser convidado para criar suas obras em outros ambientes.

Além da qualidade criativa dos trabalhos de Zoer, o que chamou minha atenção no que ele cria é a forma com a qual em xplora um estilo bem livre em suas composições. Seus murais tem uma identidade pessoal que é difícil de imaginar outra pessoa fazendo. Além disso, gosto de ver como ele explora locais abandonados e usa de carros para criar instalações em locais inesperados.

Assim como muitos garotos ao redor do mundo, o artista conhecido como Zoer cresceu folheando revistas de carros, observando todas as formas e as cores e toda a estética por trás da indústria automotiva. Eu também cresci assim, folheando revistas como a Quatro Rodas e desenhando aqueles carros que eu achava mais interessantes.

Assim como muitos garotos ao redor do mundo, o artista conhecido como Zoer cresceu folheando revistas de carros, observando todas as formas e as cores e toda a estética por trás da indústria automotiva. Eu também cresci assim, folheando revistas como a Quatro Rodas e desenhando aqueles carros que eu achava mais interessantes.

Assim como muitos garotos ao redor do mundo, o artista conhecido como Zoer cresceu folheando revistas de carros, observando todas as formas e as cores e toda a estética por trás da indústria automotiva. Eu também cresci assim, folheando revistas como a Quatro Rodas e desenhando aqueles carros que eu achava mais interessantes.

Meaning quest is at the heart of Zoer’s work. This observer horns in, captures the real to better puzzle it out. His personal vision points his drawings from his early ages. As child, he spends time watching scrap yards, draws traffic-jam scenes and takes passion for destroyed items, changing objects. Thus he establishes his own formal vocabulary. As a teenager, he became familiar with comic art. By editing satyrical fanzines, he develops, graphic senses and narration.

Assim como muitos garotos ao redor do mundo, o artista conhecido como Zoer cresceu folheando revistas de carros, observando todas as formas e as cores e toda a estética por trás da indústria automotiva. Eu também cresci assim, folheando revistas como a Quatro Rodas e desenhando aqueles carros que eu achava mais interessantes.

Assim como muitos garotos ao redor do mundo, o artista conhecido como Zoer cresceu folheando revistas de carros, observando todas as formas e as cores e toda a estética por trás da indústria automotiva. Eu também cresci assim, folheando revistas como a Quatro Rodas e desenhando aqueles carros que eu achava mais interessantes.

Zoer nasceu em 1985, na cidade de Tours, na França. Atualmente, ele vive e trabalha em Paris.

Zoer e sua obsessão por carros na sua arte

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Tagged: , , , , , , , , , ,