Pristina.org - Everything Design since 2005

Os Enormes Murais de Kitt Bennett Street ArtFelipe Tofani on 15/05/2019

Murais tão grandes que você só pode apreciá-los quando visto por um drone

Kitt Bennett é um artista australiano baseado em Melbourne, especializado em ilustrações e murais. Entre os murais que acabei me deparando no seu portfólio, estão os maiores trabalhos que eu já vi. Foi por isso mesmo que acabei publicando seu trabalho por aqui.

Os enormes murais de Kitt Bennett não são pintados em prédios de dez andares. Eles são feitos no chão e só podem ser apreciados totalmente quando vistos de cima. De preferência, de um drone ou de um helicóptero. Digo isso porque suas peças são realmente grandes e não consigo nem imaginar como que deve ser ver um desses murais ao vivo.

Kitt Bennett é um artista australiano baseado em Melbourne, especializado em ilustrações e murais. Entre os murais que acabei me deparando no seu portfólio, estão os maiores trabalhos que eu já vi. Foi por isso mesmo que acabei publicando seu trabalho por aqui.

Kitt Bennett é um artista australiano baseado em Melbourne, especializado em ilustrações e murais. Entre os murais que acabei me deparando no seu portfólio, estão os maiores trabalhos que eu já vi. Foi por isso mesmo que acabei publicando seu trabalho por aqui.

Kitt Bennett é um artista australiano baseado em Melbourne, especializado em ilustrações e murais. Entre os murais que acabei me deparando no seu portfólio, estão os maiores trabalhos que eu já vi. Foi por isso mesmo que acabei publicando seu trabalho por aqui.

Entre seus murais, o meu favorito é o de um esqueleto de patins e capacete, sobreposto em um skate park. Como se o esqueleto estivesse patinando por ali. Gosto de ver como parte dos ossos aparecem por cima de uma rampa, enquanto um dos patins está dentro de um bowl. Além desse esqueleto, outro mural que capturou meu olhar foi o de uma mosca, acompanhada de uma larva, que foi pintada em um beco. A transparência das asas da mosca, o lado semi nojento da larva… Tenho certeza de que iria adorar me deparar com esse mural pelas ruas da cidade.

Kitt Bennett estudou ilustração e, desde sua graduação em 2014, ele passou a trabalhar como artista e muralista freelancer no Juddy Roller Studio. Com o trabalho que ele produziu desde então, ele já exibiu sua arte em várias exposições de grupo e acabou fazendo sua primeiro exposição solo em um banheiro público da Smith Street em 2015.

Seu trabalho é quase sempre conceitual e explora tópicos como a nossa existência, a individualidade e o misterioso mundo ao nosso redor. Por mais que eu tenha me focado completamente nos murais de Kitt Bennett, seu trabalho é bem variado e não fica só nesse formato. Seus desenhos de observação, algumas vezes, acabam virando murais. Mas, outras vezes, ele se tornam ilustrações digitais e até pinturas.

Kitt Bennett estudou ilustração e, desde sua graduação em 2014, ele passou a trabalhar como artista e muralista freelancer no Juddy Roller Studio. Com o trabalho que ele produziu desde então, ele já exibiu sua arte em várias exposições de grupo e acabou fazendo sua primeiro exposição solo em um banheiro público da Smith Street em 2015.

Kitt Bennett estudou ilustração e, desde sua graduação em 2014, ele passou a trabalhar como artista e muralista freelancer no Juddy Roller Studio. Com o trabalho que ele produziu desde então, ele já exibiu sua arte em várias exposições de grupo e acabou fazendo sua primeiro exposição solo em um banheiro público da Smith Street em 2015.

Kitt Bennett estudou ilustração e, desde sua graduação em 2014, ele passou a trabalhar como artista e muralista freelancer no Juddy Roller Studio. Com o trabalho que ele produziu desde então, ele já exibiu sua arte em várias exposições de grupo e acabou fazendo sua primeiro exposição solo em um banheiro público da Smith Street em 2015.

Kitt Bennett estudou ilustração e, desde sua graduação em 2014, ele passou a trabalhar como artista e muralista freelancer no Juddy Roller Studio. Com o trabalho que ele produziu desde então, ele já exibiu sua arte em várias exposições de grupo e acabou fazendo sua primeiro exposição solo em um banheiro público da Smith Street em 2015.

Kitt Bennett estudou ilustração e, desde sua graduação em 2014, ele passou a trabalhar como artista e muralista freelancer no Juddy Roller Studio. Com o trabalho que ele produziu desde então, ele já exibiu sua arte em várias exposições de grupo e acabou fazendo sua primeiro exposição solo em um banheiro público da Smith Street em 2015.

Além desse esqueleto, outro mural que capturou meu olhar foi o de uma mosca, acompanhada de uma larva, que foi pintada em um beco. A transparência das asas da mosca, o lado semi nojento da larva… Tenho certeza de que iria adorar me deparar com esse mural pelas ruas da cidade.

Entre seus murais, o meu favorito é o de um esqueleto de patins e capacete, sobreposto em um skate park. Como se o esqueleto estivesse patinando por ali. Gosto de ver como parte dos ossos aparecem por cima de uma rampa, enquanto um dos patins está dentro de um bowl.

Kitt Bennett estudou ilustração e, desde sua graduação em 2014, ele passou a trabalhar como artista e muralista freelancer no Juddy Roller Studio. Com o trabalho que ele produziu desde então, ele já exibiu sua arte em várias exposições de grupo e acabou fazendo sua primeiro exposição solo em um banheiro público da Smith Street em 2015.

Kitt Bennett estudou ilustração e, desde sua graduação em 2014, ele passou a trabalhar como artista e muralista freelancer no Juddy Roller Studio. Com o trabalho que ele produziu desde então, ele já exibiu sua arte em várias exposições de grupo e acabou fazendo sua primeiro exposição solo em um banheiro público da Smith Street em 2015.

Se você gostou das imagens que eu selecionei por aqui, você vai adorar clicar no link abaixo para ir direto no seu portfólio digital. Além disso, você ainda pode ver o que ele anda publicando no seu perfil no Instagram, sempre repleto de trabalhos interessantes.

Os Enormes Murais de Kitt Bennett

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Tagged: , , , , , , , , , , , , , ,