Pristina.org - Everything Design since 2005

A Fotografia Experimental de Jácint Halász FotografiaFelipe Tofani on 29/01/2020

Explorando a forma humana de forma provocativa e estilizada
Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Baseado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Para mim, o foco do trabalho fotográfico de Jácint Halász parece ser na criação de cenas etéreas. Mas, parece que o fotógrafo considera que a etapa da captura das imagens é apenas uma parte de seu processo. Sua paixão é a de criar coisas desde o início. Dos cenários para suas fotos, passando pela organização das luzes e até os toques finais da pós-produção. É isso que Jácint Halász gosta de fazer e dá para ver isso das suas composições cheias de detalhes delicados.

Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Capturing the photo is only a small part of my work. I’ve always been fascinated by the creative flow — that pure state of mind in which I have to pay close attention and carefully control everything at the same time. My passion lies in creating things from scratch.

Um outro lado interessante que Jácint Halász observa na fotografia é como que a câmera acaba se tornando um elemento persuasivo. Ele gosta da forma com a qual seus modelos e as pessoas em geral saem da sua zona de conforto para se revelar de uma forma especial na frente das lentes. Um ponto que você consegue ver muito bem nas suas fotos.

Os temas que Jácint Halász explora são considerados provocadores para a maioria do público mas ele encontrou uma audiência para suas imagens. Algumas de suas imagens apresentam temas de cultura BDSM e liberdade sexual mas eu vejo as fotografias em seu portfólio com um bom gosto e acredito que elas atraem o observador com a sua suavidade.

Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

Basado em Berlim, o fotógrafo húngaro Jácint Halász explora o corpo humano de uma forma estilizada e provocativa. Investigando o erotismo da forma humana e a sexualidade de uma forma divertida, através de imagens que são montadas com confiança e uma sensibilidade estética.

View this post on Instagram

 

A post shared by JÁCINT HALÁSZ (@jacinthalasz) on

Para saber mais sobre o trabalho de fotografia de Jácint Halász, você pode explorar seu portfólio no link abaixo. Além disso, dá para ver o que ele anda publicando no seu perfil no Instagram.

A Fotografia Experimental de Jácint Halász

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Tagged: , , , , , , , , , , , ,