Pristina.org - Everything Design since 2005

O Infra Realismo de Kate Ballis FotografiaFelipe Tofani on 26/02/2018

Usando de fotografia em infravermelho para mostrar um mundo completamente diferente
O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

Mas Kate Ballis não começou sua vida profissional como artista ou fotógrafa. Ela era uma advogada que trabalhava como mídia e entretenimento que resolveu abandonar a vida corporativa para fotografar o mundo. Com a ajuda de Miles Aldridge, ela começou a fotografar e explorar os mundos da fotografia comercial, belas artes e editorial.

Luzes e cores são o foco de Kate Ballis que se considera uma esteticista. Ela gosta de fotografar explorando cenários complexos e encontrando a beleza da escuridão e das sombras. Afinal, ela diz que gosta de mostrar aquilo que muita gente não enxerga. É isso que ela faz com sua fotografia de belas artes. Ela experimenta com padrões, com texturas que são vistas no mundo natural e, quando combinadas, criam um cenário fora da realidade.

O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

O que Kate Ballis chama de Infra Realismo é uma forma diferente de retratar o mundo ao nosso redor. Não sei se ela usa de uma câmera preparada para fotografar dessa forma ou se ela usa de um filtro infravermelho, sei que as fotos que ela publicou em seu portfólio são de tirar o meu foco. Passei alguns momentos explorando as cores e como que elas acabam sendo transformadas em algo novo através dessas técnicas. Por isso mesmo, sabia que tinha que publicar sobre isso aqui.

Para ver ainda mais da fotografia de Kate Ballis, você precisa dar uma olhada em seu portfólio que é repleto de diferentes imagens e fotografias. Além disso, você pode ver mais desse mundo infravermelho que ela fotografou direto no link abaixo.

O Infra Realismo na fotografia de Kate Ballis

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Tagged: , , , , , , ,