Pristina.org - Everything Design since 2005

Os Posters de Rock de Chuck Sperry Design GráficoFelipe Tofani on 03/04/2018

Transformando posters de rock em arte com Chuck Sperry
Chuck Sperry é uma lenda no mundo de posters de rock mas todo mundo precisa começar em algum lugar. E, para essa lenda, sua carreira como designer e ilustrador começou na Universidade de Missouri quando ele começou a fazer flyers e posters para bandas com nomes como Art Sluts e Blind Idiot God. Ele estava estudando jornalismo e arte mas acabou passando seus anos de estudo focado no trabalho editorial que fez como cartunista para o jornal da escola.

Chuck Sperry é uma lenda no mundo de posters de rock mas todo mundo precisa começar em algum lugar. E, para essa lenda, sua carreira como designer e ilustrador começou na Universidade de Missouri quando ele começou a fazer flyers e posters para bandas com nomes como Art Sluts e Blind Idiot God. Ele estava estudando jornalismo e arte mas acabou passando seus anos de estudo focado no trabalho editorial que fez como cartunista para o jornal da escola.

Anos depois, sua carreira mudou de direção e chegou a um novo patamar quando ele conseguiu trabalhar criando posters para o recém aberto Fillmore, em 1994. Lá ele chegou a fazer diferentes trabalhos para bandas diferentes como Hot Tuna, Chris Cornell, Los Lobos, Flogging Molly, Gov’t Mule, Pennywise e Circle Jerks. E a única banda que ele não conseguiu trabalhar até hoje é o Led Zeppelin!

Afinal, ele já fez posters para praticamente todas as grandes bandas de rock da história. Alguns posters de rock especiais foram criados para bandas e músicos como Bob Dylan, the Rolling Stones, The Who, Eric Clapton, Mickey Hart, Patti Smith, Joan Jett, Joe Strummer e até The Beatles!

Muitos dos posters que Chuck Sperry cria são baseados em uma figura, quase sempre feminina. Mas não existe um processo específico quando ele está fazendo seu trabalho. Ele enxerga cada poster de rock que faz como uma obra de arte e o artista acredita que cada poster pode ser o mais artístico possível, mesmo quando o público alvo não é tão seleto assim. Afinal, ele não vê nenhuma diferença entre seus trabalhos de arte e seus posters.

Muitos dos posters que Chuck Sperry cria são baseados em uma figura, quase sempre feminina. Mas não existe um processo específico quando ele está fazendo seu trabalho. Ele enxerga cada poster de rock que faz como uma obra de arte e o artista acredita que cada poster pode ser o mais artístico possível, mesmo quando o público alvo não é tão seleto assim. Afinal, ele não vê nenhuma diferença entre seus trabalhos de arte e seus posters.

Muitos dos posters que Chuck Sperry cria são baseados em uma figura, quase sempre feminina. Mas não existe um processo específico quando ele está fazendo seu trabalho. Ele enxerga cada poster de rock que faz como uma obra de arte e o artista acredita que cada poster pode ser o mais artístico possível, mesmo quando o público alvo não é tão seleto assim. Afinal, ele não vê nenhuma diferença entre seus trabalhos de arte e seus posters.

Muitos dos posters que Chuck Sperry cria são baseados em uma figura, quase sempre feminina. Mas não existe um processo específico quando ele está fazendo seu trabalho. Ele enxerga cada poster de rock que faz como uma obra de arte e o artista acredita que cada poster pode ser o mais artístico possível, mesmo quando o público alvo não é tão seleto assim. Afinal, ele não vê nenhuma diferença entre seus trabalhos de arte e seus posters.

Um dos pontos que eu acho mais interessantes em seu trabalho é como que Chuck Sperry usa de padrões repetitivos para criar seus posters. Muitas dessas texturas são inspiradas na arte de William Morris mas muito vem da beleza natural de São Francisco, cidade onde mora. Além disso, o graffiti é uma de suas grandes inspirações e ele costuma fotografar as muitas camadas de tags que encontra nas suas caminhadas pelas ruas. Ele acaba usando dessas referências como base para rascunhos abstratos que acabam se tornando alguma coisa, ou não.

Muitos dos posters que Chuck Sperry cria são baseados em uma figura, quase sempre feminina. Mas não existe um processo específico quando ele está fazendo seu trabalho. Ele enxerga cada poster de rock que faz como uma obra de arte e o artista acredita que cada poster pode ser o mais artístico possível, mesmo quando o público alvo não é tão seleto assim. Afinal, ele não vê nenhuma diferença entre seus trabalhos de arte e seus posters.

Muitos dos posters que Chuck Sperry cria são baseados em uma figura, quase sempre feminina. Mas não existe um processo específico quando ele está fazendo seu trabalho. Ele enxerga cada poster de rock que faz como uma obra de arte e o artista acredita que cada poster pode ser o mais artístico possível, mesmo quando o público alvo não é tão seleto assim. Afinal, ele não vê nenhuma diferença entre seus trabalhos de arte e seus posters.

Muitos dos posters que Chuck Sperry cria são baseados em uma figura, quase sempre feminina. Mas não existe um processo específico quando ele está fazendo seu trabalho. Ele enxerga cada poster de rock que faz como uma obra de arte e o artista acredita que cada poster pode ser o mais artístico possível, mesmo quando o público alvo não é tão seleto assim. Afinal, ele não vê nenhuma diferença entre seus trabalhos de arte e seus posters.

Muitos dos posters que Chuck Sperry cria são baseados em uma figura, quase sempre feminina. Mas não existe um processo específico quando ele está fazendo seu trabalho. Ele enxerga cada poster de rock que faz como uma obra de arte e o artista acredita que cada poster pode ser o mais artístico possível, mesmo quando o público alvo não é tão seleto assim. Afinal, ele não vê nenhuma diferença entre seus trabalhos de arte e seus posters.

Muitos dos posters que Chuck Sperry cria são baseados em uma figura, quase sempre feminina. Mas não existe um processo específico quando ele está fazendo seu trabalho. Ele enxerga cada poster de rock que faz como uma obra de arte e o artista acredita que cada poster pode ser o mais artístico possível, mesmo quando o público alvo não é tão seleto assim. Afinal, ele não vê nenhuma diferença entre seus trabalhos de arte e seus posters.

Chuck Sperry é uma lenda no mundo de posters de rock mas todo mundo precisa começar em algum lugar. E, para essa lenda, sua carreira como designer e ilustrador começou na Universidade de Missouri quando ele começou a fazer flyers e posters para bandas com nomes como Art Sluts e Blind Idiot God. Ele estava estudando jornalismo e arte mas acabou passando seus anos de estudo focado no trabalho editorial que fez como cartunista para o jornal da escola.

Chuck Sperry é uma lenda no mundo de posters de rock mas todo mundo precisa começar em algum lugar. E, para essa lenda, sua carreira como designer e ilustrador começou na Universidade de Missouri quando ele começou a fazer flyers e posters para bandas com nomes como Art Sluts e Blind Idiot God. Ele estava estudando jornalismo e arte mas acabou passando seus anos de estudo focado no trabalho editorial que fez como cartunista para o jornal da escola.

Chuck Sperry é uma lenda no mundo de posters de rock mas todo mundo precisa começar em algum lugar. E, para essa lenda, sua carreira como designer e ilustrador começou na Universidade de Missouri quando ele começou a fazer flyers e posters para bandas com nomes como Art Sluts e Blind Idiot God. Ele estava estudando jornalismo e arte mas acabou passando seus anos de estudo focado no trabalho editorial que fez como cartunista para o jornal da escola.

Chuck Sperry é uma lenda no mundo de posters de rock mas todo mundo precisa começar em algum lugar. E, para essa lenda, sua carreira como designer e ilustrador começou na Universidade de Missouri quando ele começou a fazer flyers e posters para bandas com nomes como Art Sluts e Blind Idiot God. Ele estava estudando jornalismo e arte mas acabou passando seus anos de estudo focado no trabalho editorial que fez como cartunista para o jornal da escola.

Se você quiser saber mais sobre o trabalho de Chuck Sperry e todos seus posters e sua arte, você precisa clicar no link abaixo. Além de seu portfólio, você precisa dar uma lida numa entrevista que ele deu para a revista Juxtapoz.

Os Muitos Posters de Rock de Chuck Sperry

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Tagged: , , , , , , , , , , ,