Pristina.org - Everything Design since 2005

As Esculturas Alongadas de Michael James Talbot ArteFelipe Tofani on 18/06/2018

O surrealismo das esculturas alongadas de Michael James Talbot
As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

Baseado em Londres, as esculturas alongadas de Michael James Talbot foram a que me fizeram pesquisar seu nome e me deparar com seu portfólio. Essas esculturas alongadas me parecem inspiradas na mitologia grega e nas máscaras de Veneza mas acredito que existe mais do que isso no seu trabalho e nas suas referências.

As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

Essas representações tem uma estética quase surreal e mostram a forma humana se transformando em algo novo, algo diferente. Uma forma abstrata de formatos exagerados e que vem com uma extensão visual do vestimento feminino. O que causa uma ilusão de ótica de tamanhos gigantescos mesmo sabendo que suas obras quase nunca superam os dois metros de altura.

Michael James Talbot consegue integrar um visual dramático nessas formas alongadas através de pequenos detalhes que aparecem na base da mesma. Como os pés de uma mulher que aparece embaixo do vestido alongado.

As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

As esculturas criadas por Michael James Talbot sempre começam em argila que viram os moldes para onde ele vai usar do bronze para criar as peças que você pode ver logo abaixo. Ele tem total controle desse processo, o que permite com que ele desenvolva cada detalhe que ele acredita ser necessário até chegar no refino do trabalho final.

Nascido em Staffordshire, no norte da Inglaterra, em meados de 1959, Michael James Talbot é um escultor que aprendeu muito do que ele sabe na Academia Real das Artes de Londres. Seu portfólio é fora do comum e pode ser visto clicando no link logo abaixo. Além disso, ele ainda publica muito do seu dia a dia de trabalho nas redes sociais como Instagram, Facebook e Twitter.

As Esculturas Alongadas de Michael James Talbot

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Tagged: , , , , , , , ,