Pristina.org - Everything Design since 2005

A Sombria Arte Anatômica de Emil Melmoth ArteFelipe Tofani on 18/08/2017

Questionando a fragilidade da vida através de esculturas mais que realistas
As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

Um item que eu achei interessante de observar no trabalho de Emil Melmoth é a presença constante de pregos de metal. Que, pelo menos para mim, parecem conseguir colocar tudo no lugar certo. Como se os pregos mantivessem todos esses conceitos de vida e morte no lugar certo. Porém, ao mesmo tempo que esses pregos unem tudo, ele causam dor e mantêm a presença de todos os pensamentos negativos que vem junto disso.

As esculturas únicas de Emil Melmoth vem com expressões macabras que parecem reais demais. Algumas vezes, elas parecem tão próximas da verdade que uma sensação estranha, quase bizarra, surge dentro daqueles que estão as observando. É isso que o artista quer atingir com suas esculturas? Acredito que sim já que, além de todo lado realista de seu trabalho, ele ainda mistura um simbolismo religioso que parece ser inserido ali para sobrepor ideias de imortalidade, paraíso e as imperfeições do corpo humano e sua fragilidade. Você pode ver algumas das suas esculturas logo abaixo e tirar suas próprias conclusões.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

As esculturas de Emil Melmoth retratam uma mistura de niilismo, existencialismo e pessimismo através de questionamentos da nossa transcendência pela morte. É isso que eu enxergo nas estranhas esculturas anatômicas feitas de cera que eu me deparei no Instagram desse artista sombrio. Algumas de suas esculturas parecem meditar sobre a fragilidade do ser humano, outras parecem identificar a efemeridade da vida e olham para lugar nenhum enquanto isso.

Você pode ver as estranhas figuras anatômicas de cera do artista Emil Melmoth em Nova Iorque, entre o dia 19 de Agosto de 9 de Setembro de 2017. A exposição chama The Wanderer’s Dissection e pode ser vista no Last Rites Gallery.

A Sombria Arte Anatômica de Emil Melmoth

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Tagged: , , , , , , , ,