Pristina.org - Everything Design since 2005

Zeitz Museum of Contemporary Art Africa é a construção mais tubular de Thomas Heatherwick ArquiteturaFelipe Tofani on 17/10/2017

Como foi realizado o projeto de construção do maior museu de arte da África do Sul
O designer Thomas Heatherwick criou o mais museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

O Zeitz MOCAA é localizado dentro de um edifício que foi construído na Cidade do Cabo na década de 1920. Durante muitos anos, esse foi considerado o mais alto prédio da cidade mas acabou sendo superado com o passar dos anos. A equipe do Thomas Heatherwick cortou largas partes da estrutura de armazenamento de grãos que existia no local e acabou criando um interior tubular que tem espaço para mais de 80 espaços de exposição.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

Esse processo parece ter sido bem interessante já que o designer descreveu tudo isso como um processo de arqueologia. Como se sua equipe estivesse escavando os espaços para as galerias. Com todo o cuidado necessário para não destruir a beleza tubular do local. E essa ideia surgiu a partir de algumas das primeiras visitas de Thomas Heatherwick ao local. Com o passar do tempo, ele passou a considerar que deveria projetar algo cujo o olho não pudesse prever facilmente. A ideia era a de destruir algo invés de construir. Ao mesmo tempo que essa destruição acontecia, o objetivo era usar desse processo com confiança e energia para criar algo único e foi assim que surgiu o Zeitz Museum of Contemporary Art Africa.

O Zeitz Museum of Contemporary Art Africa é apenas uma das construções que estão sendo realizadas pelo Heatherwick Studio no que anda sendo chamado de V&A Waterfront na África do Sul. A ideia é criar um espaço, perto do porto, repleto de bares, restaurantes e opções culturais. Além disso, o complexo ainda inclui um hotel que já está aberto ao público.

Porém, entre todas as construções acontecendo ali, o projeto mais complexo é o do Zeitz Museum of Contemporary Art Africa já que ele ocupa um grande espaço no átrio do prédio e chega a ter um pé direito de mais de 25 metros de altura. É isso que dá o visual de um catedral tubular ao museu e eu adorei como tudo isso foi feito.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

O designer Thomas Heatherwick criou o maior museu de arte da África do Sul ao adaptar uma construção que era usada anteriormente para armazenar grãos no Zeitz Museum of Contemporary Art Africa. Conhecido também pela sigla Zeitz MOCAA, esse museu foi descrito pelo designer como sua construção mais tubular. E, pelas imagens que você pode ver logo abaixo, essa afirmação faz muito sentido.

Thomas Heatherwick é um designer e arquiteto britânico, fundador do Heatherwick Studio. Desde os anos noventa, ele tem sido considerado um dos designers mais importantes do Reino Unido e o Zeitz Museum of Contemporary Art Africa é mais um exemplo da qualidade do seu trabalho.

Para saber mais sobre o projeto, você precisar dar uma passada no Dezeen que foi onde eu me deparei com as imagens desse belíssimo projeto arquitetônico na África do Sul.

Zeitz Museum of Contemporary Art Africa é a construção mais tubular de Thomas Heatherwick

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Tagged: , , , , , , , ,